Sexta-feira, 25 de Novembro de 2005

Estatísticas

Encontrei, na página do GIASE, o seguinte título:
Número de Alunos por Professor no Ensino Básico Público - 8,9.
Abri o link e deparei-me com um quadro que contém os seguintes dados:

Continente
Relação Alunos/Professor
Educação Pré-Escolar 14,8
Ensino Básico - Total 8,9
1.º Ciclo 12,4
2.º Ciclo 7,0
3.º Ciclo 7,6
Ensino Secundário 8,1

Se eu não estivesse numa escola, certamente ficaria a pensar que os professores (afinal!) têm muito poucos alunos, já que não há qualquer explicação junto desta tabela.
Imagino que estes cálculos tenham sido feitos utilizando o número total de professores no ensino e o número total de alunos inscritos. É uma forma de dar à estatística o aspecto que mais interessa e não o mais correcto.
Qualquer pessoa que pense um pouco, sabe que nenhuma turma tem tão poucos alunos e sabe, também, que os professores não costumam ter só uma turma.
Como exemplo, eu tenho 145 alunos este ano lectivo. Parece-me estar um pouco longe destes resultados.

Qual será a vantagem de brincar com os números de uma forma tão errada?

publicado por serprofessor às 09:19
link do post | favorito
De Anónimo a 27 de Novembro de 2005 às 14:11
Faneca, fizeste muito bem em comentar. Lembra-te que sem alunos não há professores.
Tocaste num tema que acho fundamental: a falta de valor que a nossa sociedade dá à Educação. Não só à Escola enquanto instituição, mas à falta de interesse geral em "adquirir conhecimento", como tu dizes.Ser Professor
</a>
(mailto:ser.professor@gmail.com)
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres