Terça-feira, 21 de Fevereiro de 2006

Concursos 2006

Convém recordar que:
Caro (a) Candidato (a)
Dia 6 de Março marca o início da Candidatura Inteligente, referente ao concurso de docentes de 2006. Efectue até lá o Teste Recomendado, no site da DGRHE. Divulgue ainda, junto dos candidatos que conhece (novos ou já inscritos), as vantagens de indicar um endereço de e-mail.
Com os melhores cumprimentos
DGRHE

Em conversa com vários colegas, tenho-me apercebido que muitos não indicaram um endereço de e-mail aquando da sua inscrição nos concursos. É importante que o façam, já que a DGRHE tem enviado algumas informações por essa via, tal como esta que aqui transcrevi.

tags:
publicado por serprofessor às 17:01
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sábado, 11 de Fevereiro de 2006

Aulas de substituição

Na semana que passou, ouvi a Ministra da Educação dizer algo parecido com isto:
"Ter vinte professores numa sala à espera de serem chamados para uma substituição é a pior solução possível!"
Concordo, verdade seja dita.
É mau para nós, professores, porque temos de estar à espera para ser ou não chamados. Entretanto o tempo passa e fica-nos a sensação de não ter feito nada, quando temos tanto trabalho para fazer!
Se somos chamados, lá vamos nós entreter as criancinhas. Termo forte, talvez, mas é a realidade.
Significa isto que estou contra manter os alunos ocupados na escola, mesmo quando não têm aulas? Claro que não! A forma de o fazer é que está errada.
Já aqui o disse uma vez e volto a repeti-lo: o ideal seria que os alunos fossem encaminhados para locais onde pudessem estar ocupados, com mais condições do que aquelas que existem dentro das salas de aula, nomeadamente para salas de estudo, bibliotecas, ludotecas... Assim, os professores estariam numa sala, não à espera que os fossem chamar, mas que os alunos fossem ter com eles, com alguma forma de controle a estudar em cada escola.
Os nossos alunos, em grande parte, têm um grande problema: falta de hábitos de trabalho/estudo. Por iniciativa própria, raramente se dirigem a uma sala de estudo, onde estão as pessoas indicadas para os ajudar. Não aproveitam os tempos que têm na escola para adiantar os trabalhos que depois fazem em casa, muitas vezes à pressa e sem qualquer tipo de apoio!
Acho que está na altura de lhes incutir algum tipo de resposabilidade, mesmo não sendo tarefa fácil. São demasiados anos de facilitismo, sobretudo nas transições de ano, sem qualquer tipo de penalização.
Parece-me que há muito a rever na forma como educamos. Será que não ainda não chegou a altura de repensar seriamente a Educação?

publicado por serprofessor às 11:46
link do post | comentar | favorito
|

.Quer colaborar?

Envie os seus textos, imagens, notícias, projectos e outros para:
ser.professor@gmail.com

.pesquisar

 

.Julho 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Crata de uma Educandora

. Os professores são culpad...

. 450???

. Ainda a Matemática

. Plano de acção para promo...

. Mudam-se os tempos...

. Carta Aberta à Sr.ª Minis...

. Plano Nacional de Leitura

. Debate nacional sobre edu...

. Crónicas de uma Profe no ...

.arquivos

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

.tags

. estatuto

. Matemática

. concursos

. leitura

. material

. notas

. todas as tags

.links

.mais sobre mim

blogs SAPO

.subscrever feeds